Arquivo da tag: david guetta

De olho nos guardas

O americano Pitbull só baixa no Recife amanhã, 19, mas desde a passagem de David Guetta na última quinta, 12, no CeCon, a preocupação de quem vai para a apresentação do rapper de mixtapes latinas é: haverá seguranças suficientes e dignos de confiança? O alarde é justificado por dezenas de pessoas que tiveram momentos tensos com a imposição de uns e ausência de outros guardas, principalmente na área Prime, em Guetta. É por essas e outras razões que espera-se, também, amanhã, ordem nas devidas funções e não seguranças pagando de garçom, por dinheiros pequenos, e vice-versa. (Por Filipe Félix)

Créditos: divulgação

Anúncios

Boca de confusão

Nem tudo foram flores na tão comentada passagem do DJ francês David Guetta, nesta madrugada, no Centro de Convenções, em Olinda. Muita gente reclamou do tratamento dado pelos seguranças do evento, inclusive, uma jornalista que foi cobrir o show e passou por constrangimentos. A seguir, o relato exclusivo dela, que prefere não se identificar. (Por Filipe Félix)

Créditos: divulgação

“Cheguei para cobrir o show meia hora antes do horário marcado da apresentação de David Guetta. Entrei pelo Chevrolet Hall, onde estava escrito Pista Prime. Lá, não tinham filas. As pessoas se aglomeravam e eram levadas pela multidão até chegarem às catracas. Alguns gritavam e reclamavam da falta de organização de uma pista que, supostamente, deveria ser Prime. Ainda tinham os que aproveitavam o vuco-vuco para criar tumulto, empurrando os que estavam tentando chegar às roletas.

Na hora que cheguei à catraca, um segurança visivelmente nervoso com a multidão que ameaçava invadir, me disse que a entrada para imprensa não era no local. Olhei para trás. Era impossível sair da catraca com a multidão ao meu redor. Disse que não dava para sair e perguntei se não poderia entrar por ali mesmo. O funcionário, identificado apenas por um crachá escrito Portaria, deu um murro na catraca e gritou “Porra!”. Essa reação QUE ele não poderia ter tido com nenhuma pessoa, jornalista, não-jornalista, pista Prime, normal, ou qualquer uma.

Um funcionário viu a confusão e me disse para passar por baixo na catraca. Na hora, nem pensei se seria humilhação ou não. Olhei para a cara de desespero das pessoas tentando entrar, me abaixei e passei”.