É preciso menos apito, mais atitude

Que o Recife está cheio de guardas de trânsito todo mundo sabe. Mas o que poucos observam é que, em boa parte dos casos, tais profissionais – recrutados recentemente ou não – estão muito mais preocupados em fazer barulhos com seus apitos estridentes e simplesmente registrar meras infrações (dos veículos pequenos, porque ônibus e afins passam batidos por eles!) ao invés de organizar o tráfego em pontos de grandes congestionamentos, como Rosa e Silva, Derby e Ilha do Leite. Já presenciamos vários momentos em que os profissionais alardam loucamente, mas fazer a coisa fluir ou parar quando, de fato, é necessário, educando, são outros quinhentos… (Por Filipe Félix)

Créditos: divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s