No falo americano!

Imagina-se que dentro de um período de pouco mais de dois anos Pernambuco esteja entre as localidades que abrigarão jogos da Copa de 2014. Isso quer dizer, assim como todo mundo supõe, que a urbe estará com um fluxo fora do normal de turistas e profissionais de várias partes do mundo. Ou seja, será mais do que preciso locais habilitados para desenrolar a língua em outros idiomas, sobretudo, no inglês. Mas a situação não está fácil. Diretores de várias escolas fazem suas queixas que funcionários de muitos hotéis não querem abrir a mão, fazer o investimento para a segunda língua. Os taxistas também aderem à campanha do “NO”, mesmo com descontos e outras facilidades. São nessas horas que aquela máxima “em terra de cego quem tem um olho é rei” faz todo sentido para quem estudou e poderá arrasar cobrando para hablar por empresas (!).  (Por Filipe Félix)

Créditos: divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s