Supervalorização

Pernambuco possui um litoral que tem cerca de 190 km de extensão e mesmo assim os locais que desejam uma água de coco industrializada têm que desembolsar mais de R$7 por 1L de tal bebida. É simplesmente inacreditável quando os que mais vimos em terras arenosas em várias partes do Estado são pés e mais pés de coco. Isso sem falar que cada planta dá em média 200 frutos por ano, ou seja, pouco justificável a supervalorização para os tipos mais comuns, o gigante e o anão, não?! (Por Filipe Félix)

Créditos: reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s