Pensem na concorrência!

Créditos: divulgação

Na última quinta, resolvi dar um pulinho na Fluffy, uma loja para o público infantil, aqui na Zona Norte. A facilidade de encontrar roupas e brinquedos em um só lugar realmente é mérito da loja de rua, afinal, outras desse tipo só se encontra por aqui na cidade em shoppings e, como shopping para mim é sinônimo apenas de trabalho, resolvi fazer uma compritchas por lá.

Indo ao que interesssa, eu realmente ainda consigo me chocar com o atendimento de certos lugares e com a pouca falta de visão de empresários que deixam vendedores e gerentes totalmente despreparados à frente dos seus negócios. A vendedora que, depois que eu já tinha escolhido o que queria,  me abordou estava com uma cara de revolta por estar ali que prevalecia a expectativa de uma comissão necessária para sua ceia de Natal.

Ao meu lado, outra senhora reclamava que estava na loja há mais de 40 minutos e ninguém tinha chegado perto para atendê-la. Bem, um tanto revoltada e pensando que nem sempre os empresários sabem o que acontece nos estabelecimentos, resolvi mandar chamar a gerente e fiz a crítica. Ela, muito insossamente disse que não sabia, que lamentava, mas depois que eu falei da concorrência, ela ficou com cara de abuso, virou as costas e partiu para o estoque, onde fica escondida para evitar encarar de frente os problemas que são de sua alçada. (Por Maria Leopoldina)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s